menu
  • Contacte-nos
  • Iniciar sessão em PartnerView
  • BlueSky
  • Portugal

Na qualidade de diretora de Transformação de Parceiros, a Laura é responsável pelas ferramentas e sistemas que os nossos parceiros mundiais utilizam na interação com a Westcon-Comstor. Com sede no escritório de Tarrytown, este trabalho proporciona a Laura a oportunidade de viajar por todo o mundo.

Criação de soluções

O meu trabalho consiste em conceber e criar soluções e integrações entre o cliente, o fornecedor e os sistemas da Westcon-Comstor que facilitem o seu trabalho connosco. Analiso a forma como podemos simplificar e automatizar os nossos sistemas e processos – por exemplo, ao nível dos pedidos de orçamento ou do processamento das encomendas – e como podemos melhorar os processos de apoio ao cliente, como no caso das devoluções. Além disso, o meu foco consiste em analisar a melhor forma de automatizar processos manuais e repetitivos, de modo a permitir aos nossos colaboradores dedicarem o seu tempo a outras atividades que, de facto, acrescentem valor ao que oferecemos.

Desafiante, mas gratificante

O ambiente de trabalho é desafiante. Embora esteja aqui há quatro anos, aprendo algo novo todos os dias. É um negócio muito complexo e, para cada regra, há dezenas de exceções, pelo que temos de estar atentos. Quando trabalhamos em TI, temos de lidar com prazos, imprevistos ou requisitos de última hora que podem comprometer um projeto. Temos de ser flexíveis e estar disponíveis para alterar as nossas prioridades. Uma coisa é certa: nunca nos aborrecemos.

Família global

Quando não estou a trabalhar, gosto de sair e de fazer exercício físico. As minhas grandes paixões são a corrida e o fitness. Também gosto de viajar e, recentemente, aprendi a fazer mergulho submarino. O meu trabalho leva-me a viajar muito. Somos uma empresa com presença global, pelo que temos muitos escritórios de menor dimensão. Independentemente do escritório que visito, sinto que as pessoas que aí trabalham são meus colegas. Há pessoas com quem falo ao telefone e com quem me reúno pessoalmente apenas uma ou duas vezes por ano, mas quando as vejo é como se trabalhássemos juntos todos os dias.